Ferdinando Tacconi

Desenhador, Argumentista
(Itália) Milão, 27 de Dezembro de 1922 - 12 de Maio de 2006


Ferdinando Tacconi forma-se em Artes Aplicadas no Castelo Sforzesco e inicia a sua carreira artística após a Segunda Guerra Mundial, começando com trabalhos de ilustração para as revistas femininas Mondadori das Confidenze de Liala e Grazzia. As suas primeiras BD’s são publicadas pelo editor Pascal Giurleo, como Il Pirata Morgan, Pilota Jack, Diabo Miss e Sciuscià. Ingress na editora Torelli, onde cria Nat del Santa Cruz com Dalmasso em 1951, seguido por El Bravo com Bignotti.
Em meados dos anos 50, começa a produzir ilustrações para o mercado britânico através dos estúdios de Roy d'Ami. O seu primeiro trabalho no mercado britânico foi Jet Morgan, baseado num famoso programa de rádio. Também desenha Jeff Hawke em Junior Express, Riders of the Range in Eagle e várias obras para a Fleetway, incluindo contributos para a Comet, Top Spot, Buster, War Picture Library, Air Ace Picture Library, Battle Picture Library, Thriller Picture Library e Fleetway Super Library, além de produzir capas para títulos de romance.
De volta à Itália no final dos anos 60, começa a trabalhar para o Il Corriere dei Piccoli e para a editora Barbieri. Para esta última, cria a sexy Isabella. Em 1973, cria a sua melhor série juntamente com Alfredo Castelli, Os Aristocratas, para o Il Corriere dei Ragazzi. A série, baseada no filme Sette Uomini d'Oro, aparece no Corriere até 1976, e depois é publicado na revista alemã Zack até 1982. Além disso, Tacconi contribui para as coleções Larousse na L'Histoire de France e L'Histoire du Far West, e ilustra o álbum da Bonelli, Un Uomo un'Avventura com textos de Gino d'Antonio. Também com d'Antonio, Tacconi faz várias histórias sobre a Segunda Guerra Mundial em Il Giornalino.



Séries publicadas em Portugal:
Aristocratas (Os)

[actualizado em 22-1-2015]
Esta página destina-se a compilar a banda desenhada publicada nas revistas portuguesas do século XX. Os dados constantes desta base de dados foram retirados das revistas, álbuns, bibliografia especializada e páginas da Internet. As informações constantes desta base de dados não se consideram completas, sendo meramente uma comparticipação do autor para o estudo da banda desenhada publicada em Portugal. Contudo, as bases de dados estão em permanente actualização. A catalogação dos episódios está, quando possível, ordenada por ordem cronológica da sua edição no país de origem. Nos autores, o primeiro nome refere-se ao desenhador. O ano refere-se à primeira publicação do episódio. Desde já, agradeço quaisquer colaborações para o desenvolvimento desta página, enviando correcções, aditamentos ou sugestões através do formulário da página.