O vagabundo dos limbos

Le vagabond des limbes
Ficção Científica
(França) Éditions Hachette, 1975
Christian Godard (argumento) e Julio Ribera (desenho)
Estreia em Portugal: Álbum Livraria Bertrand, 1978
Outras publicações: Álbum Meribérica, Flecha 2000 [Diário Popular], Jornal da BD, Selecções BD (1ª série), Álbum Público/ASA

Axle Munshine, um alto funcionário de um Império Galáctico pertencente a um Universo paralelo, é nativo de Xylos, um planeta onde é proibido sonhar. Contudo, Axle comete o maior crime do Império ao atravessar as portas proibidas dos sonhos para tentar encontrar Chimeer, uma mulher por quem se apaixonou num sonho. Torna-se dessa forma, no Vagabundo dos Limbos, um proscrito que percorre o cosmos a bordo da Glória do Império a espaçonave invencível Delfim de Prata, em busca da sua amada Chimeer. Acompanha-o Musky, um eternauta de sexo indefinido que, durante a série, se apaixona por Axle e decide transformar-se em mulher.

Bibliografia portuguesa:
  • O vagabundo dos limbos (Le vagabond des limbes), 1975, Álbum Livraria Bertrand [1978], Álbum Meribérica-Líber [?]
  • O império dos sóis negros (L'empire des soleils noirs), 1976, Álbum Livraria Bertrand [1978], Álbum Meribérica-Líber [?]
  • Os abutres do cosmo (Les charognards du cosmos), 1976, Álbum Livraria Bertrand [1979]
  • Os demónios do tempo imóvel (Les démons di temp immobile), 1978, Álbum Meribérica-Líber [?], Jornal da BD #43
  • O alquimista supremo (L'achimiste suprême), 1979, Álbum Meribérica-Líber [?], Jornal da BD #31
  • Que realidade, papá? (Quelle réalité Papa?), 1980, Álbum Meribérica-Líber [1983], Flecha 2000 [Diário Popular] #10 a #18, Jornal da BD #65 a #71
  • A guerra dos bonkes (La guerre des bonkes), 1981, Álbum Meribérica-Líber [1983], Jornal da BD #19
  • Por três grãos de eternidade (Pour trois graines d'eternité), 1981, Álbum Meribérica-Líber [1988], Selecções BD #5 a #7
  • O labirinto virginal (Le labyrinthe virginal), 1982, Álbum Meribérica-Líber [1989]
  • O último predador (Le dernier prédateur), 1983, Álbum Meribérica-Líber [?]
  • A máscara de Kohm (Le masque de Kohm), 1984, Álbum Meribérica-Líber [1994]
  • Os lobos de Kohm (Les loups de Kohm), 1985, Álbum Meribérica-Líber [1998]
  • O menino-rei de Onidoryne (Le enfant-roi d'Onidoryne), 1986, Álbum Meribérica-Líber [2000]
  • O templo dos oracles (Le temple des oracles),1988, Álbum Público/ASA  [2011]
  • A fissirmã de Musky (La petite maitresse), 1987, Álbum Público/ASA  [2011]

[actualizado em 9-12-2014]
Esta página destina-se a compilar a banda desenhada publicada nas revistas portuguesas do século XX. Os dados constantes desta base de dados foram retirados das revistas, álbuns, bibliografia especializada e páginas da Internet. As informações constantes desta base de dados não se consideram completas, sendo meramente uma comparticipação do autor para o estudo da banda desenhada publicada em Portugal. Contudo, as bases de dados estão em permanente actualização. A catalogação dos episódios está, quando possível, ordenada por ordem cronológica da sua edição no país de origem. Nos autores, o primeiro nome refere-se ao desenhador. O ano refere-se à primeira publicação do episódio. Desde já, agradeço quaisquer colaborações para o desenvolvimento desta página, enviando correcções, aditamentos ou sugestões através do formulário da página.